Ouviu dizer que Bali só é legal se você viajar solteiro ou em casal? Que nada! Vem com a gente descobrir o que fazer em Bali com crianças! 

Bali é provavelmente o destino mais famoso da Indonésia. E também é um destino para famílias. Há muito o que fazer em Bali. Nesse post, contamos as atrações do sul da ilha, como por exemplo Seminyak, Kuta e Nusa Dua. Os pontos turísticos listados não são só para famílias. Serve para todos os viajantes!

Veja o vídeo para ter uma ideia do que fazer por lá. Abaixo você encontra mais detalhes sobre os lugares mostrados no vídeo. Confira!

 

Leia também Bali com crianças – Parte 2

Bali é uma ilha grande. Dez vezes maior que a ilha de Santa Catarina, em Florianópolis, por exemplo. Com mais de 4 milhões de habitantes, aproximadamente 80% da população de Bali é adepta do hinduísmo, o que a torna uma das poucas ilhas que a maioria não é islâmica (saiba mais sobre nosso roteiro na Indonésia aqui).

Lá tem atração para todos os gostos: beleza natural, cultura, baladas, templos e grandes resorts para relaxar. Entretanto, no nosso caso não foi amor à primeira vista. O caos prevalece nas ruas. O trajeto do aeroporto até Seminyak não é nada bonito, além de ser demorado. Não interessa pra onde você vai na ilha. Isso vai te custar pelo menos 1 hora. Mas com o passar do tempo nos adaptamos e curtimos o local.

Vamos então começar pelas dicas sobre a parte sul da ilha. Veja o que fazer Kuta/Seminiak/Nusa Dua!

1) Praias

Pai e filho curtindo o pôr do sol em Seminyak

Pai e filho curtindo o pôr do sol em Seminyak

 

A primeira coisa a se fazer em Bali é visitar uma de suas inúmeras praias. Tem com areia preta, com areia branca, com pedras. Enfim, tem pra todos os gostos. Depois de muita pesquisa, decidimos montar nossa base em Seminyak. A praia em si não tem nada em especial. Areia ‘dura’, um pouco escura, mas bem aconchegante. O mar tinha ondas pequenas, ou seja, bom para aproveitar com as crianças ou até mesmo para aprender a surfar. O pôr do sol ali foi FANTÁSTICO! Nessa praia tem diversos beach clubs, como Ku De Ta e Potato Head. Pudemos entrar com crianças sem problemas, mas não ficamos para o jantar.

Curtimos também a praia de Legian, que fica perto de Seminyak. Quando fomos estava bem tranquila (maio). Tem diversos resorts nessa área, como o Hard Rock Café.

Balangan beach: essa foi a nossa praia favorita

Balangan beach: essa foi a nossa praia favorita

Em outro dia combinamos praia pela manhã e visita ao templo Uluwatu no final da tarde – foi bem cansativo fazer as duas coisas no mesmo dia com as crianças. Fomos na praia de Balangan. Foi a praia que mais gostamos! Dá para alugar cadeira e guarda-sol se você preferir. Tem também restaurantes e a praia estava relativamente vazia.

Dreamland beach

Dreamland beach: essa praia é bem lotada. Não nos agradou muito

Dreamland beach: até que achamos um cantinho mais tranquilo, mas a praia é bem movimentada

Dreamland beach: até que achamos um cantinho mais tranquilo, mas a praia é bem movimentada

 

A última praia que visitamos foi a Dreamland, mas acho que não ficamos nem 1 hora. A praia até é bonita, mas estava tão cheia que não era bem o que estávamos procurando…

Decidimos não visitar a região de Nusa Dua, que é famosa por ter uma praia calma, sem ondas, com muitos resorts. Todo morador local nos falava que essa é a praia das famílias, principalmente porque o mar é uma piscina. Mas convenhamos, um pouco de onda não faz mal a ninguém :)

Lucas pegando uma carona na prancha em Seminyak

Lucas pegando uma carona na prancha em Seminyak

 

Independentemente de qual for a sua praia, aproveite com sua família! Faça castelo na areia, empine pipa, aprenda a surfar ou apenas curta um por do sol com os pequenos. Vai ser inesquecível!

Aula de surf: 250.000 IDR* (aprox. 20 US$ dólares) para 1 hora de aula + 1 hora com a prancha para praticar)

Ducha pós praia: 5.000 IDR* (aprox. 0,40 US$ dólares)

Outras fontes: esse blog aqui nos ajudou bastante para ter uma ideia das praias de Bali Diário de Férias – Bali, as praias

2) Templos

Com 80% da população hinduísta, o que você mais vai ver em Bali é templo. Cada bairro e até mesmo cada casa tem seu próprio templo. Faz parte da cultura local. Mesmo que você não seja muito fã desse tipo de passeio, vale a pena visitar alguns dos templos mais famosos da ilha:

Tanah Lot Templo

Templo Batu Bolong, em Tanah Lot

Tanah Lot fica dentro do mar e dá para acessá-lo quando a maré está baixa.  Diz a lenda que o templo é protegido por serpentes sagradas venenosas e que se toca-las lhe trará sorte. Na parte de cima do morro há diversos restaurantes onde você pode observar o pôr do sol tomando uma Bintang (cerveja local). Nesse mesmo complexo tem o templo Batu Bolong, que tem uma pedra cavada pela força das águas. 

Templo Tanah Lot

Templo Tanah Lot visto dos restaurantes em cima da montanha

Se prepare para enfrentar multidões, especialmente durante o pôr do sol. Há diversas lojinhas no trajeto de acesso ao templo. Tudo muito comercial, focado no turismo mesmo.

Preço de entrada: 30.000* IDR por adulto (aprox. 2US$ dólares) + 5.000 IDR* de estacionamento (0,30 US$ dólar)

Uluwatu

Uluwatu

 

Uluwatu é um templo que fica no alto da falésia (Ulu significa coração e watu pedra). Construído no século 11, esse também é um dos lugares preferidos para ver o pôr do sol. Tem que visitá-lo com sarong, distribuído gratuitamente na entrada do templo. Há diversos macacos, mas fomos advertidos que eles não são tão mansos quanto os da Monkey Forest. Cuidado com seus pertences (óculos, camera).  Outra atração desse templo é assistir à dança Kecak, explicada no próximo item. 

Preço de entrada: 20.000* IDR por adulto (aprox. 1,5 US$ dólar)

Outro templo muito famoso, mas que não visitamos é o Pura Besakih, considerado o ‘templo mãe’ de Bali.

Apenas observando os outros, Lucas começou a imita-los!

Apenas observando os outros, Lucas começou a imita-los!

Conte histórias sobre os templos e os rituais de oferenda. Envolva as crianças antes e durante a visita que elas também vão se divertir!

3) Kecak (Uluwatu)

Já que você vai pra Uluwatu, assista à dança Kecak, que acontece todos os dias durante o pôr do sol em um teatro de arena ao lado do templo. É muito legal! A trilha sonora é feita pelas vozes dos mais de 70 personagens que cantam repetidamente como se estivessem em transe. Essa dança ilustra como o macaco Venara ajudou o príncipe Rama a lutar contra o malvado rei Ravana (personagens Hindus).

Dança Kecak

Dança Kecak em Uluwatu

Se quiser filmar, vale a pena ficar mais próximo da dança. Para ver o pôr do sol, melhor ficar lá no alto do teatro. O Lucas não tirou os olhos! Ao final da peça, dá para tirar foto com os personagens.

Preço: 100.000 IDR* por adulto (aprox. 7US$ dólares)

4) Dança Barong

Outra dança típica da região (provavelmente a mais famosa) é a Barong, que ilustra a eterna luta do bem (Barong) contra o mal (Rangda). Na cultura local, quando há uma doença ou algum infortúnio no vilarejo eles dançam o Barong para espantar esse males.

Dança Barong - talvez a dança típica balinesa mais famosa

Dança Barong – talvez a dança típica balinesa mais famosa

Foto com os artistas depois da apresentação da dança Barong

Foto com os artistas depois da apresentação da dança Barong

Mas não se preocupe. Há performances diárias feita para os turistas. A apresentação é feita em um teatro aberto no bairro Batulan, às 09:00 da manhã. O assentos são estilo arquibancada. Os diálogos são feitos na língua local. Para entender o enredo, você recebe um folhetim explicando os atos e a história. Mesmo assim foi difícil acompanhar rs. A música é tocada ao vivo e as personagens fazem aquelas expressões faciais marcantes. Ao final da peça também é possível bater foto gratuitamente com os atores.

Preço: 100.000 IDR* por adulto (aprox. US$ 7,00 dólares)

5) E muito mais!

E pra se ter uma ideia da opções que a ilha proporciona, listamos algumas atrações que não fizemos, mas que talvez sejam interessantes para você. Dá para aproveitar um dos muitos parque aquáticos que existem por lá, ir ao zoológico, visitar o parque das aves, fazer compras na região de Kuta ou sentar e relaxar em um dos muitos resorts que a ilha disponibiliza.

Beach club Potato Head visto de fora - centenas de janelas foram usadas na decoração

Beach club Potato Head visto de fora – centenas de janelas foram usadas na decoração

Além de tudo isso, Bali tem uma população extremamente simpática!

Deu para ter um gostinho do caldeirão cultural que é? Tem muitas atrações. Com certeza você vai achar alguma coisa que te agrade! Essa foi só a primeira parte sobre o que fazer em Bali com crianças. Veja também aqui a parte 2 de Bali com crianças!

Já foi pra lá? Deixe aqui nos comentários o que mais gostou!

*Os preços nesse post são referentes à Maio de 2015

Acompanhe também os vídeos do nosso canal do YouTube. Se inscreva e fique por dentro!
Pequenos pelo Mundo no YouTube

Idade das crianças quando visitamos Bali: Lucas tinha 2,5 anos e Thomas 7 meses