Veja nosso roteiro de 5 dias em Sydney e os principais pontos turísticos da cidade.

Sydney é a capital do estado de Nova Gales do Sul e o principal destino dos turistas que visitam a Austrália. Foi nossa quarta parada no país (veja nosso roteiro na Austrália). Ficamos 5 dias e acho que foi um bom tempo. A cidade é muito bacana. Na imagem abaixo coloquei o dia a dia do nosso roteiro em Sydney. Perceba que fizemos poucas atividades por dia. Ou seja, dá para fazer mais no mesmo tempo (ou ficar menos dias). Mas nós aproveitamos para descansar também. Afinal, já estávamos a mais de 100 dias na estrada.

O que fazer em Sydney em 5 dias

Nosso roteiro de 5 dias em Sydney

Nesse post eu conto o que fazer em Sydney com crianças (mas vale para quem não tem filhos também rs). Em outro artigo eu darei dicas de onde ficar, a melhor época para ir e como se locomover por lá.

Antes de continuar, quer ter uma ideia de como é Sydney? Então veja nosso vídeo de apenas 2 minutos!

 

Dividi as informações em três categorias: conhecendo Sydney a pé, atrações pagas e as praias. Clique no ponto do mapa abaixo para ver o nome do lugar. Nos locais pagos, compre o ticket online para receber bons descontos. Os detalhes eu explico na descrição de cada atração.

 

Conhecendo Sydney a pé

Fizemos a maior parte a pé, mas também usamos o ônibus e o trem com o Opal card, o cartão do transporte público (explicarei como funciona em um post futuro). Ná época tinha um ônibus gratuito (linha 555) que rodava no centro da cidade, mas foi descontinuado em Outubro de 2015. Uma pena.

The Rocks / Circular Quay

Nós chegamos na cidade no final do dia e esse foi o primeiro lugar que visitamos. Ao lado de Circular Quay você encontra o cartão postal de Sydney: a Opera House e a ponte (Harbour Bridge). É impressionante. Ficamos alguns minutos observando o vai e vem dos barcos. Mais algumas quadras adiante tem o bairro The Rocks, onde começou a colonização australiana. Os pubs mais antigos da Austrália estão aqui.

Ponte sobre a baía de Sydney

Sydney Harbour Bridge

Cartão Postal de Sydney, Austrália. A Opera House em Sydney Harbour.

Opera house durante a noite

 

Chinatown e Chinese Garten of Friendship

Como estávamos em um hotel ao lado da estação central, saímos na direção de Chinatown. Nada tão surpreendente como outros bairros Chinatown que vimos por aí. Passamos em frente ao Chinese Garten. Pareceu bonito por fora, mas não entramos.

Jardim Chinês da Amizade. Chinese Garden of Friendship

Vista externa do Jardim Chinês da Amizade

Custo: $6 adulto / $3 menores de 12 anos / $15 ingresso família (2 adultos e 2 crianças)

Mais informações no site (em inglês): http://www.darlingharbour.com/things-to-do/chinese-garden-of-friendship/

Darling Harbour

Darling Harbour fica logo depois do Chinese Garten. Além de restaurantes legais a beira mar, algumas atrações como Sea Life e o museu de cera Madame Tussauds também se encontram aqui (contamos mais detalhes dessas atrações abaixo). O centro de informações turísticas fica embaixo da ponte/viaduto. Compramos o ingresso de alguns passeios com desconto e aproveitamos para pegar um monte de informação gratuita para nossa rota de motorhome que se iniciaria em alguns dias. Além disso, tem um dos poucos (se não for o único) parquinho da área comercial de Sydney, também conhecida como CBD (Central Business District).

Darling Harbour, Sydney, Austrália

Darling Harbour, Sydney, Austrália

Daling Quarter Playground, CBD, Sydney

Parquinho Darling Harbour

Tirando Dúvidas no Centro de informações Turísticas e Sudney, Austrália

Informações Turísticas: Muitas revistas e panfletos gratuitos sobre hospedagem, guias regionais e rotas de motorhome.

 

Town hall e Queen Victoria Building

Saímos de Darling Harbour e andamos até a rua George St. para apreciar a arquitetura dos prédios da prefeitura e da rainha Victoria.

Town Hall, prédio histórico em Sydney, Austrália

Prefeitura, Sydney (Town Hall). Foto sv1ambo [CC BY 2.0]

Edifício Queen Victoria (QVB - Queen Victoria Building). Foto de Superchilum (Own work) [CC BY-SA 4.0]

Edifício Queen Victoria (QVB – Queen Victoria Building). Foto de Superchilum (Own work) [CC BY-SA 4.0]

Jardim Botânico

Além de ser um parque bem gostoso para passear, de quebra você ainda tem um dos melhores pontos para tirar foto da Opera House e da ponte (Harbour Bridge). Vá até a ponta conhecida com Mrs. Macquarie’s Chair e aproveite. Tem uma vista linda da cidade.

Crianças observando Sydney

Uma das melhores vista da cidade fica no Jardim Botânico (Macquarie’s Chair)

 

O que fazer em Sydney – atrações pagas

Há muita coisa para fazer na cidade. Listei o que fizemos e outras atrações populares entre os turistas.

Observar a migração das baleias (whale watching)

Esse foi de longe o melhor passeio de Sydney! Foi SENSACIONAL! Há várias empresas que fazem esse tour. Optamos pela Whale Watching Sydney. Em 15 minutos alcançamos o mar aberto e já avistamos 2 baleias! O barco acompanha o trajeto das baleias. Ao longo do passeio, os tripulantes falam sobre as baleias Jubarte: o tamanho que elas podem alcançar, porque elas migram, do que se alimentam, etc. Tivemos sorte e vimos de perto 3 “pulos”! Emocionante. O passeio dura 3 horas. Lucas até gostou, mas depois de um tempo ele cansou de olhar pro mar e não ver nada. Não é fácil para uma criança de 2 anos acompanhar. É tudo muito rápido.

Migração de baleias jubarte na costa leste da Austrália

Baleia Jubarte

Rabo da baleia em Sydney

Detalhe do rabo da Baleia

Quando: de maio à novembro (durante o período migratório)

Custo (tem desconto online!): $97 por pessoa ($82,45 se comprar online). Criança pequena não paga.

Outras informações: embarcação acessível à deficientes. Mais detalhes no site (em inglês) http://www.whalewatchingsydney.net/

Taronga Zoo

Pegamos um ferry para visitar esse Zoológico, já que fica do outro lado de Circular Quay. A vista da cidade é linda! As crianças já gostaram desde a chegada. Fomos de teleférico (cable car) do pier de desembarque do Ferry até a entrada. Há diversos shows ou palestras dadas pelos cuidadores, onde você pode aprender mais sobre os hábitos dos animais. Fique atento aos horários. O show com as focas foi bem legal. Além disso, esse zoológico tem uma vista privilegiada do centro de Sydney!

Dica para as crianças: Que tal transformar a ida ao zoológico em uma aventura? Ao baixar o App gratuito do zoológico, você pode participar de uma ‘caça ao tesouro’, onde você tem que pegar as dicas, achar os animais e tirar uma foto. Esse app está diponível apenas para iphone.

Girafa com Sydney ao fundo

Esse zoológico tem uma vista privilegiada de Sydney

Vista de Taronga Zoo

Vista do Taronga Zoo

selfie com canguru em Taronga Zoo

Meu primeiro selfie com canguru

Custo (tem desconto online!): $46 por pessoa ($41,40 se comprar online) / $26 para crianças de 4 a 15 anos ($23,40 se comprar online) / $129.60 o ingresso família ($115,20 se comprar online)

Mais informações: o zoológico tem horário variado de abertura. Confira esse e outros detalhes no site (em inglês) https://taronga.org.au/taronga-zoo

Featherdale Wildlife Park

Ouvimos falar muito bem desse zoológico, que fica a 40 minutos do distrito central de Sydney (CBD). Os cuidadores também fazem diversas sessões para explicar os hábitos dos animais. Você pode chegar bem perto de um Koala e até acariciá-lo. Além disso, pode alimentar os cangurus! Nós não fomos pois já estava agendado visitar o Santuário dos Koalas em Brisbane (Lone Pine Koala Sanctuary), onde tivemos uma experiência semelhante.

Pinguin saindo da agua

Pinguin no Featherdale Wild Park. Foto Sinead Friel [CC BY 2.0]

Custo: $31 por pessoa / $17 para crianças de 3-17 anos / $85 ingresso família

Outras informações: aberto diariamente das 09:00 às 17:00 horas. Mais detalhes no site (em inglês)  http://www.featherdale.com.au/

Sea Life Sydney Aquarium

Esse aquário fica no centro de Sydney, em Darling Harbour. Encontra-se uma extensa variedade de animais aquáticos. Nesse caso, nós preferimos observar as baleias em alto mar e decidimos não visitar o aquário.

Tubarão no Sea-Life Aquario em Sydney

Tunel no aquário Sea Life em Sydney. Foto expedia.com

Custo (tem desconto online!): $40 por pessoa ($28 se comprar online) / $28 para crianças de 4-15 anos ($19,60 se comprar online) / $136 ingresso família ($89 se comprar online). Sai mais em conta se comprar o ticket que dá acesso a mais de uma atração (Madame Tussauds, Sydney Tower por exemplo).

Outras informações: aberto diariamente a partira das 9:30 às 18:00 horas. Finais de semana fica aberto até as 19:00 horas. Mais detalhes no site (em inglês) https://www.sydneyaquarium.com.au/

Luna Park

É um parque de diversões que fica em Milson’s Point, do outro lado da Harbour Bridge. Tem atrações para todas as idades. Nós não fomos por dois motivos: achei caro pro tamanho do parque o e porque meus filhos são tão pequenos que iam ficar de fora das principais atrações. E eu confesso que acho meio assustador a imagem da entrada do parque! kkkk

Entrada do Luna Park em Syndey

Entrada (assustadora rs) do Luna ParK

Custo: Você paga de acordo com a altura e os brinquedos que anda. O ticket com acesso a todas atrações custa $48 por adulto (amarelo) / $38 para crianças de 106 a 129 cm de altura (verde) / e $22 para crianças de 85-105 cm de altura (vermelho)

Outras informações (inglês): o parque tem horário variado de abertura. Confira esse e outros detalhes no site http://www.lunaparksydney.com/

Museu de cera Madame Tussauds

Mais um museu de cera da famosa rede Madame Tussauds, que também tem em Londres, Amsterdam, Orlando, Nova Yorque e outros tantos lugares. Eu não sou muito fã desse tipo de museu. Quer dizer, na verdade eu acho que tem que ir uma vez na vida, mas eu não faço questão de ir em todos os lugares. Como meus filhos ainda não conhecem as personalidades, não fizemos questão de conhecer essa unidade. Entretanto, fica a dica para quem gosta.

Custo (tem desconto online!): $40 por pessoa ($28 se comprar online) / $28 crianças de 4 a 15 anos ($19,60 se comprar online)/ $136 ingresso família ($89 se comprar online). Sai mais em conta se comprar o ticket que dá acesso a mais de uma atração (Sea Life, Sydney Tower por exemplo)

Mais informações: https://www.madametussauds.com.au/en/tickets/

 

As praias de Sydney

Sydney tem diversas praias. Nós vamos citar apenas três, que são as mais conhecidas entre os turistas. Infelizmente quando fomos só deu para aproveitar da areia, já que pegamos chuva em Sydney os 5 dias. Uma coisa que nos chamou a atenção no país foi a cultura do surf. Em quase todas as praias você vai encontrar surfistas. E de todas as idades! E mesmo com a temperatura na casa dos 15ºC e chovendo, havia muitos surfistas na água. Eu confesso que nunca tinha visto algo assim.

Mainly Beach

Essa praia fica bem perto da cidade. É só pegar uma balsa (ferry) em Circular Quay, ao lado da Opera House e em 30 minutos você está lá. Tem um calçadão de compras agradável que vai da estação até a praia. Devido a chuva, a praia estava vazia, mas com uns 100 surfistas na água! Passamos algumas horas e voltamos de balsa para Sydney.

Vista da praia Mainly Beach em Sydney

Quando visitamos Mainly, a praia estava vazia. Mas o tempo também não estava ajudando rs

Como chegar: de balsa (ferry) direto de Circular Quay, ao lado da Opera House. Das 6:00 às 21:00 horas. Pelas manhãs (das 7:00 às 10:00) e fim da tarde (das 17:00 às 20:00) tem partidas a cada 10 minutos. Nos outros horários (e nos finais de semana) a frequência é de 30 em 30 minutos.

Bondi Beach

Situada a apenas 8km do centro (CBD), essa com certeza é a praia queridinha dos locais. Se você quiser surfar ou aproveitar mais a praia do que o centro, vale a pena se hospedar nessa região. Tem uma boa infraestrutura com lojas e restaurantes, desde pubs até uns mais chiques. Essa não fomos, tivemos muito azar com o tempo, mesmo no inverno Sydney não costuma ser tão chuvoso assim.

Foto da praia Bondi Beach na Austrália

Bondi Beach. Foto: Adam.J.W.C. (Own work) [CC BY-SA 2.5 ]

Como chegar: ônibus público ou aquele turístico de 2 andares (hop on / hop off).

Caminhar de Bondi Beach até Coogee beach

Essa caminhada pareceu ser muito legal! São 6 km por uma passarela que liga Bondi Beach até Coogee beach. Nós não encaramos por dois motivos: estava chovendo e tem muitos degraus para ir de carrinho (preguiça de carregar o Lucas por 6 km rs). Pelas fotos, esse passeio deve ser maravilhoso. A Francine do blog Viagem que Sonhamos foi e adorou (leia relato aqui). Deve levar entre 1 e 2 horas para completar o caminho. De Coogee beach você pode pegar um ônibus público de volta para Bondi ou para Sydney.

 

Sydney tem muitas atrações! Foi uma cidade que gostei mesmo visitando embaixo de chuva. Nesse post eu mostrei o que fazer em Sydney com (e sem) crianças. Contei não só onde fomos, mas o que talvez possa ser de seu interesse. Gostou? Deixe sua opinião nos comentários abaixo.