Quem nunca cometeu um desses ao dirigir na mão inglesa que atire a primeira pedra!

Uma das coisas que mais me motivam a viajar é ver as diferenças culturais espalhadas pelo mundo. Esse post poderia explorar uma série de coisas, mas vou falar especificamente do sentido da direção.

Lembro a primeira vez que presenciei um país de mão inglesa. Foi em Londres, muitos anos atrás. Peguei o ônibus do aeroporto até o centro da cidade e já achei aquilo tudo muito estranho. A porta do ônibus ficava do lado oposto. O motorista estava sentado no lugar do passageiro. O ônibus estava andando na faixa da esquerda! Parecia que meu cérebro ia travar rs

Nessa primeira vez eu não dirigi por lá. Mas é diferente até mesmo como pedestre. Para atravessar a rua, por exemplo, era complicado. Eu olhava sempre para o lado errado! Sorte que a cidade está ciente disso e escreve no chão o lado certo para olhar. Rs

Olhe para a direita aviso aos pedestres

Aviso aos pedestres em Londres, Inglaterra. Foto: Thomas van de Weerd, [CC BY 2.0]

Os anos se passaram e chegou a vez de dirigir. Em 2010 fui para África do Sul e aluguei uma campervan. Rodamos quase 6 mil km pelo país! Os dois primeiros dias foram mais difíceis. Com a prática, você se acostuma e começa a achar normal.

Nos últimos 3 anos eu tenho ido a trabalho pelo menos 2 vezes por ano ao Reino Unido. Sempre alugo um carro. Também dirigi na Tailândia por alguns dias. Na Austrália alugamos um carro. Quer dizer, além do carro, alugamos também uma campervan (leia nosso roteiro na Austrália e super dicas em como alugar um motorhome). Rodamos 1300 km de Sydney à Brisbane.

Hoje eu já não tenho tanta dificuldade para dirigir na mão inglesa. Então eu gostaria de compartilhar com vocês alguns erros comuns e dicas para facilitar a adaptação. No final, fiz um infográfico resumindo tudo! Vamos à lista:

1) Entrar no carro do lado do passageiro / carona

Esse é o primeiro erro que a gente faz, antes mesmo de começar a dirigir! Não tem como não dar risada de si mesmo. Eu SEMPRE faço isso.

Na última vez, peguei a chave do carro na locadora e me dirigi ao estacionamento. Abri a porta e sentei no banco. Só fui me dar conta do erro quando já estava sentado! Abri o porta luvas pra ver se o documento do carro estava lá (tentando dar aquela disfarçada). Saí, dei a volta no carro e entrei no motorista! (kkk to rindo agora ao escrever sobre isso).

vista interna do carro

Cadê a direção do lado ‘certo’? rs Foto: garagem360.com

 

2) Bater a mão na porta ao trocar de marcha

Dirigir na mão inglesa já pode ser estressante. Ter que mudar de marcha com a mão esquerda, é muito mais! Na minha opinião, essa é a parte mais difícil!

Perdi as contas das vezes que eu ia passar a marcha e batia com a mão direita na porta! Kkkk Demorou uns 2 dias para meu cérebro se adaptar. Depois fica tranquilo.

O mais engraçado é que após dirigir por uns 20 dias na África do Sul, cometi um erro semelhante ao voltar ao Brasil. Fui dirigir meu carro e bati com a mão esquerda na porta! Mas dessa vez o cérebro voltou “ao normal” rapidinho.

Sorte que os pedais não são invertidos! Acelerador é na direita, freio no meio e embreagem na esquerda (só me faltava essa também, né?)

Para evitar esse stress todo, alugue um carro automático! Fica infinitamente mais fácil dirigir na mão inglesa!

Dirigindo na mão inglesa

Dirigindo na mão inglesa

 

3) Pegar o cinto de segurança imaginário

Uma das primeiras coisas que faço ao entrar no carro é colocar o cinto. Já é automático. O Problema é que o cinto de segurança fica do outro lado. Quantas vezes eu fui pegar o cinto e não achei nada com a mão direita? Mas você se adapta rapidinho nesse caso.

cinto de segurança

É estranho para o motorista pegar o cinto com a mão esquerda rs

 

4) Ligar o limpador de para-brisa ao invés de dar seta

Não sei por que diabos as montadoras não padronizam isso. No mesmo país, já aluguei carro que o limpador de para-brisa era na alavanca à esquerda da direção e já aluguei carro que era à direita (igual os carros do Brasil). De qualquer maneira, é sempre engraçado andar com alguém e ver o limpador ligando em um belo dia ensolarado…

 

5) Entrar do lado errado da pista (contra-mão)

Esse é um erro bem perigoso, mas que acontece “nas melhores famílias”. Principalmente se você tiver que tomar uma decisão rápida, no reflexo.

Por exemplo, você está indeciso se vai virar à direita ou esquerda. Pra piorar o semáforo (sinal) está amarelo e não dá tempo de parar. Você decide virar à esquerda. No reflexo, há grandes chances de você entrar no lado errado.

Minha dica é sempre prestar atenção nas setas indicando o lado que você precisa entrar. Pode ser uma placa azul com a seta indicando o lado da direção ou uma placa branca lembrando para você se manter à esquerda.

Além disso, use um GPS ou um app para te mostrar o caminho. Não ter que pensar no trajeto é uma coisa a menos para seu cérebro.

Exemplo de placas para lembrar a mão de direção (keep left)

Exemplo de placas para lembrar a mão de direção (keep left)

 

6) Subir na sarjeta (meio fio) ao fazer uma curva.

A noção espacial dentro do veículo é diferente. Estamos acostumados a ter apenas o espelho retrovisor à nossa esquerda quando dirigimos no Brasil. Nos carros feitos para dirigir na mão inglesa, você ainda tem “meio carro” à sua esquerda! Algumas vezes passei por cima do meio fio, principalmente saindo de estacionamentos. Mas com o tempo você também se adapta.

subindo na guia ou sarjeta

Acontece nas melhores famílias rs Foto: carsguide.com.au

 

7) Errar a baliza ao estacionar

Esse erro tem a ver com o anterior. Estacionar em uma vaga apertada entre dois carros já é um desafio para alguns mesmo no Brasil, imagina com tudo trocado?? Esse é para os ninjas !! rs Pra evitar stress, eu procuro vagas que são fáceis de parar (rua pouco movimentada e vagas em shopping).

Baliza na mão inglesa

Será que dá pra acertar de primeira?

 

Uma ótima dica para facilitar dirigir do “lado contrário da rua” é lembrar que o motorista fica sempre “colado” na linha (faixa) que divide a estrada de mão dupla. Isso me ajudou muito!

Essa e outras dicas mencionadas no post estão no infográfico abaixo.

Infografico: Dicas para dirigir na mão esquerda

Infografico: Dicas para dirigir na mão esquerda

Além de descontrair, o objetivo desse post foi dar algumas dicas para facilitar sua adaptação quando for dirigir na mão inglesa.

E como foi quando você dirigiu a primeira vez em um país de mão inglesa? Cometeu algum desses erros? Conta pra mim como foi com você!